.'. Kleber Cavalcante de Sousa: Dezembro 2016

terça-feira, 20 de dezembro de 2016

O BRASIL PRECISA DE GESTORES COMPETENTES

A sociedade brasileira assiste perplexa a crise institucional que se instalou no PAÍS. A IMPRENSA diariamente divulga as irregularidades promovidas pelos agentes públicos, que através de práticas políticas e administrativas inaceitáveis, identificadas nas organizações públicas, tais como: Corrupção, favorecimento ilícito, lavagem de dinheiro, tráfico de influência, peculato, entre outros.
Práticas essas extremamente danosas para o erário público, para o País e consequentemente para a sociedade brasileira, tão carente de melhores serviços públicos de qualidade.
A sociedade brasileira já se manifestou que não deseja pagar a conta, pelos descasos e desvios de conduta identificados pelo pelos órgãos estatais: MPF – Ministério Público Federal, Justiça Federal e Polícia Federal, que através de operações coordenadas, realizam diversas ações de combate a corrupção, dentre elas a chamada operação  LAVA JATO e a operação ZELOTES. Operações estas que estão abalando as estruturas da Republica Brasileira.
Frente a todos os descasos, o Governo Federal alardeia a necessidade de mais IMPOSTOS e da realização de ajustes e mudanças, isso sem oferecer nenhuma possibilidade de melhoria dos serviços prestados a sociedade, além da corrupção que está impregnada em diversos órgãos do governo brasileiro, quer seja nos níveis federal, estadual e municipal.
Não! A sociedade não aceita e não suporta ser conduzida coercitivamente a pagar mais IMPOSTOS e ser a responsável por esses descasos. “Se queres mais recursos, melhorem a gestão, senhores administradores públicos”.
Ora, o Brasil é um dos países que mais se paga impostos no mundo e em que a população não obtém o retorno devido. Segundo a Associação comercial de São Paulo o valor pago em Impostos pelos Brasileiros no ano e 2015 chegou ao valor de R$ 2 trilhões de Reais.
Há serviços prestados para a população? E os serviços prestados são de qualidade? atendem a demanda da sociedade? Os recursos públicos são utilizados de forma transparente? Os gestores públicos planejam as ações com base nas demandas da sociedade? Há transparência e responsabilização quando identificado mau uso dos recursos?
São questões importantes que precisam ser atendidas  e explicitadas para que se tenha uma gestão pública mais profissional e que atenda melhor os anseios das sociedade.
Neste contexto, é importante destacar que para se obter uma Gestão Pública de Qualidade é essencial que as organizações públicas, os estados, municípios e a união tenham em seus quadro profissionais competentes e que estejam comprometidos em servir a sociedade, atendendo os princípios constitucionais da Legalidade, Impessoalidade, Moralidade, Publicidade e Eficiência, que devem nortear todas as ações das pessoas que desejem atuar no serviço público.


Adm. Kleber Cavalcante de Sousa
Administrador e Professor.

Conselheiro do CRA/RN